Vivência Curricular

Uma oportunidade de especialização no decorrer da graduação.
Uma das maiores dificuldades encontradas pelos alunos de graduação na área de conservação de animais silvestres são as oportunidades de especialização no decorrer do curso. A grande maioria, por acreditar que não existe a possibilidade de inserção e crescimento na área, acaba por desistir e seguir em outras especialidades. Por essa razão, um dos objetivos do ECOAS é o treinamento de alunos em métodos e técnicas de campo e laboratoriais para o estudo epidemiológico de diversos grupos taxonômicos. 
Por onde começar?

​​
O aluno deve estar regularmente matriculado, com as vacinas em dia (febre amarela, raiva, tríplice viral) e deve procurar um orientador no Departamento de Medicina Veterinária Preventiva para elaboração de seu plano de vivência curricular e carga horária eleita para o período, que pode ser de, no mínimo de 45 horas, e máximo de 135 horas. Para obter maiores informações e realizar download de formulários, acesse a página da Vivência Curricular no site da Escola de Veterinária da UFMG.

Formulários